top of page
Buscar
  • Foto do escritorEmpoderia

Cuide da sua vida financeira com responsabilidade




Em geral, as pessoas acreditam que quitando suas dívidas elas terão suas vidas restabelecidas, mas, infelizmente, se a causa do problema não for tratada a possibilidade de que você volte a se endividar é enorme. Particularmente, eu me deparei com centenas de situações como essa em minhas audiências. Pessoas que faziam acordo mas que não conseguiam cumpri-los. Por isso, me preocupa muito a forma com que esse assunto é tratado. 


Mas porque será que as pessoas se encontram nessa situação e o números de devedores é tão expressivo ? Eu respondo a essa pergunta para você.


  1. Porque os acordos que são fechados não levam em consideração o atual momento e a realidade de vida da pessoa endividada. Se ela possui algum problema de ordem pessoal que a impede de cumprir com o contrato que foi formulado.

  2. Porque a capacidade produtiva da pessoa está comprometida. Ou seja, a pessoa está desempregada ou sem saber como pode aumentar a sua receita mensal. Logo, ela não tem condições de assumir qualquer tipo de negociação dentro do seu orçamento mensal.

  3. Porque na grande maioria das vezes a pessoa por total desconhecimento, medo, angústia e falta de uma boa orientação opta por fechar um acordo para poder se livrar do problema. A questão é que esse comportamento piora ainda mais a situação.


Existem muitos “supostos” educadores financeiros que buscam orientar sem o conhecimento necessário para passar a informação. É claro que existem bons profissionais, mas a quantidade de informações que eu vejo em redes sociais, youtube, entre outros, que não possuem nenhum tipo de respaldo é muito grande. Isso é realmente preocupante. Mas, para não me alongar muito, se você tem um problema de saúde, você deve procurar um médico para auxiliá-lo. Da mesma forma, se você pretende construir uma casa, vai precisar de um engenheiro e de um arquiteto para que o projeto esteja de acordo com as normas técnicas exigidas pela prefeitura.


No caso do seu desenvolvimento financeiro é a mesma coisa. Você vai precisar de um profissional que possa te dar a orientação correta. É por isso mesmo que eu sempre bato na mesma tecla, exatamente como eu escrevi logo no início. Primeiro você precisa estruturar a sua vida profissional. Mas Marcelo, eu não tenho problemas de ordem profissional ! Será mesmo que não tem ? Se não tem, ótimo, parabéns ! Saiba que você já é um ponto fora da curva, pois a maioria das pessoas têm problemas de ordem profissional. Ainda assim, mesmo que você não tenha, então a minha sugestão é que você aumente a sua capacidade produtiva, pois ela tem o poder de te levar a independência financeira.


Aí sim, com a sua vida profissional bem estruturada nós partimos para colocar as suas finanças pessoais em dia, mas de uma forma responsável. Onde você tenha plenas condições de negociar bons acordos que permitam a você quitar de fato as suas dívidas. Isso significa honrar os acordos que foram assumidos. Lembre-se, quando se trata de dívidas, todo acordo que não é cumprido, torna a sua situação ainda pior.


Por fim, com a sua vida profissional bem estruturada e gerando uma receita mensal recorrente, como também, às suas finanças pessoais já bem organizadas, você terá condições de partir para a terceira etapa do processo em seu Desenvolvimento Financeiro que é a construção do seu patrimônio. A construção de um patrimônio é o que irá permitir que você tenha um futuro tranquilo. O tempo passa muito rápido e, se você não tomar as providências necessárias, infelizmente, vai depender do auxílio do governo no futuro.


Um conselho que eu lhe dou: Não dependa do governo no futuro. Procure construir a sua independência financeira. Do contrário, a probabilidade é que você venha a passar por momentos muito, muito difíceis em sua vida. Além do governo, irá depender da ajuda de familiares. Não queira isso para a sua vida. Seja responsável. Não viva apenas o presente. Todas as pessoas que eu conheço que adquiriram novos hábitos e mudaram a sua percepção sobre as finanças pessoais, cresceram na vida e hoje vivem outra realidade.


Enfim, era essa mensagem que eu queria passar para você hoje, após ter recebido os números recentes do endividamento das pessoas no país.


Se você quiser entender melhor o que você precisa fazer para conseguir Organizar a Sua Vida Pessoal e Financeira, eu lhe convido a assistir a Aula com 2 horas de Apresentação onde eu explico em detalhes os 3 Aspectos Fundamentais que definem a vida financeira de uma pessoa.






Abraços,

Marcelo Teófilo


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page