Como comprar títulos do Tesouro Direto

Atualizado: 13 de mar. de 2021


O que é o Tesouro Direto ?


É um investimento em Renda Fixa onde a pessoa física pode adquirir títulos públicos pela internet de maneira bastante simples.


Sendo assim,trata-se de um programa do Tesouro Nacional junto com a Bolsa de valores para venda de título públicos federais


Então, quando você investe no Tesouro Direto você está emprestando dinheiro para o Estado para ele investir em saúde, educação e infraestrutura entre outros investimentos que poderão ser realizados.


Por esse empréstimo você recebe juros sobre um investimento que é considerado o de menor risco no mercado.


E por que esse investimento é o de menor risco ?


Pelo simples fato de que você está emprestando o seu dinheiro ao governo.Esse empréstimo estará coberto pelo Tesouro Nacional. Ou seja, se o tesouro quebrar, significa que o país quebrou e todo mundo irá quebrar junto. Então, é o tipo de preocupação inicial que você não deve ter, do contrário você não faz investimento algum.


Mas, essa possibilidade é mínima e pouco provável de acontecer. Por isso, é importante você entender a razão pela qual alguns investimentos possuem mais riscos e outros, como no caso do Tesouro Direto, envolvem menos riscos.



Então, vamos às etapas.


Como você pode começar a aplicar no Tesouro Direto ?


1 - CPF E Conta Corrente aberta em um Banco. Se você já possui esses requisitos iniciais, então ok. Vamos em frente.


2 - O próximo passo é providenciar um Agente de Custódia que irá intermediar as transações entre você e o Tesouro. É o agente de custódia que liga os pontos e faz a ponte entre você que está querendo investir e aplicar nos títulos públicos e na outra ponta está o Tesouro com os títulos disponíveis para você comprar.


Quem faz a intermediação entre as duas partes são os bancos ou corretoras. São eles os agentes de custódia.


Então, agora que você já sabe qual é o papel dos bancos e corretoras, vamos falar sobre as taxas que são cobradas por eles.


Verifique a relação completa dos agentes de custódia no site do Tesouro Direto


O grande problema em investir através dos bancos são as altas taxas praticadas por eles que pode se tornar prejudicial a você. Então, uma boa alternativa é você pesquisar e abrir uma conta em uma corretora, já que várias possuem taxa zero ou seja não cobram a taxa de administração.


Particularmente, eu acho que investir por meio de uma corretora e não pagar a taxa de administração é a melhor escolha. No entanto, essa pode não ser a sua percepção. Talvez você prefira investir através do seu banco.





Verifique as taxas de admnistração cobradas pelos bancos e corretoras


De qualquer forma, não custa dar uma olhada no site do Tesouro onde você acessa a relação completa e encontra as taxas de administração cobradas por todos os bancos e empresas credenciadas. Eu vou deixar aqui no descritivo o link para que você acesse diretamente o site do Tesouro.


Assim, você consegue identificar quais são os agentes integrados ( que são os bancos e corretoras ) e analisa as diferentes taxas que eles cobram e praticam no mercado. Observe com cautela para que você não venha a pagar taxas caras, caso, obviamente, você decida fazer o investimento através do seu banco.


É claro que não existe nenhuma ilegalidade na cobrança da taxa de administração, mas se você pode economizar e investir sem ter que pagá-la, essa me parece a melhor escolha. Enfim, mas isso fica a critério de cada um.


Agora, não confunda a taxa de administração que pode ou não ser cobrada pelos bancos e corretoras, com a taxa de custódia da B3.


A taxa de custódia deve ser paga por todas as pessoas que investem no Tesouro e ela diz respeito ao valor que é cobrado pela B3 para guardar os seus títulos. No entanto, não se preocupe, o processo de guarda dos títulos é totalmente seguro e funciona da mesma forma como acontece com as ações. É lá na B3 que ficam guardados os seus títulos.


Assim, através do site da B3 você consegue acompanhar todas as suas aplicações e verificar o valor que possui em investimentos custodiados.


A taxa de custódia cobrada pela B3 é 0,25% ao ano


Quanto ao valor em si, a taxa de custódia cobrada é de 0,25% ao ano sobre o valor do título mais os rendimentos alcançados com a aplicação.


Bem, após você ter aberto a sua conta na corretora, basta você solicitar ao seu agente de custódia, no caso a própria corretora, que ela faça a abertura da sua conta junto ao Tesouro Direto. assim, você receberá uma senha provisória que deverá ser alterada e poderá acessar o site juntamente com o seu CPF.


Você pde mudar de agente de custódia quando achar conveniente


Uma dúvida bastante comum e frequente é se porventura você não estiver satisfeito com o seu agente de custódia é possível trocar de banco ou corretora ? Sim, é totalmente possível e o procedimento não envolve maiores burocracias.


Ah, Marcelo, mas e se a instituição quebrar ? Não há problema, pois os seus títulos estão assegurados na B3. Ainda assim, se houver algum problema desse tipo, basta você escolher uma nova instituição e passar a realizar os seus investimentos por meio dela.


Então não se esqueça.


Resumindo, se você tiver um CPF e uma conta em um banco ou corretora em seu nome, já pode começar a investir no Tesouro. A taxa de 0,25% a.a da B3 relativa a custódia dos títulos deve ser paga por todos que fazem esse tipo de investimento. E as taxas administrativas deverão ser consultadas por você de acordo com o banco ou corretora que mais lhe agrade, pois depende da instituição financeira que você vier a escolher.


Bem, acredito que esse primeiro vídeo possa ter lhe ajudado a entender quais são os passos iniciais para que você possa investir com segurança comprando seus títulos do Tesouro Direto.


Vou gravar outros vídeos sobre o Tesouro Direto para que você possa conhecer as modalidades de investimento e tomar as melhores decisões ao realizar as suas aplicações, combinado ?


Então, se você gostou deixe a sua curtida e nos vemos no próximo vídeo.


Grande abraço !

Valeu



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo