As dívidas são realmente um problema ?



Então, vamos lá !


O primeiro passo para você começar a sair das dívidas.


Bem, eu acho extremamente importante falar para você sobre o conceito de endividamento e inadimplência, porque se você não entende do que se trata a pessoa que se encontra endividada daquela que está inadimplente não adianta nada você pensar em começar a pagar as suas dívidas.


Eu falo isso por uma razão muito simples. Foram inúmeras as audiências que eu realizei na vara cível com pessoas que deviam a bancos, lojas, instituições financeiras e por aí vai. Quando eu fazia perguntas básicas sobre questões relacionadas a dívidas às pessoas não sabiam me responder. E se elas não entenderem isso, como é que irão conseguir quitar as suas dívidas ? É impossível, porque elas irão voltar a se endividar.


Então, o primeiro passo é você entender a diferença entre endividamento e inadimplência, ok ? E hoje eu vou falar especificamente sobre o que é o endividamento.


Sair das dívidas, consiste, antes de mais nada, em você entender que existe uma grande diferença entre a pessoa que se encontra endividada daquela que está inadimplente. A confusão que fazem em relação a esses dois critérios de análise é bastante significativa. Sendo assim, eu vou tornar para vocês simples o que parece confuso. tá bom ?


O que é uma pessoa endividada ?


A pessoa que se encontra endividada, é aquela que assumiu uma série de compromissos financeiros. Normalmente, todas as compras foram realizadas sem nenhum tipo de planejamento. Assim, os meios utilizados pelas pessoas para adquirirem os produtos são os mesmos que as levam ao endividamento.


Cartões de crédito, financiamentos, pagamentos parcelados, a utilização do limite do cheque especial Esses são apenas alguns exemplos dos recursos que a pessoa faz uso para conseguir aquilo que ela deseja. Esse enorme descompasso entre o desejo e a real possibilidade de compra é o que torna de fato uma pessoa devedora.




Sendo assim …


Existe uma pergunta que sempre fica no ar ...


As dívidas são um problema ?


Por isso, é importante destacar que ter dívidas não é e nunca foi um problema. O problema está em não conseguir pagar as suas dívidas. Se a sua dívida for bem pensada e estiver dentro do seu orçamento com uma taxa de juros justa que você possa efetivamente honrá-la, então não há problema algum em você adquirir essa dívida.


Não deixe a emoção se sobrepor a razão.


O problema é que as pessoas não contraem dívidas tendo como base um planejamento. Quase sempre as dívidas são adquiridas por impulso, de forma emocional. É uma promoção que a pessoa vê anunciada em uma vitrine de loja. Uma oferta divulgada na televisão. Entre tantas outros meios que fazem com que você assuma um determinado compromisso.


Dessa forma, as pessoas não param para refletir sobre a compra. Elas deixam de lado o lado racional e compram sempre sendo levadas pela emoção. Pelo prazer momentâneo de adquirir o objeto de desejo que pode ser uma calça, um celular, uma tv, um carro. Enfim, qualquer coisa que agrade e atenda as necessidades do consumidor ou consumidora.


Para finalizar ...


Tenha em mente que se você entendeu claramente esse conceito o próximo passo é compreender o que é uma pessoa inadimplente.


Então, não se esqueça que se a dívida for assumida de forma bem planejada não há problema algum nisso. Mas, jamais se deixe levar pelos impulsos e realize compras sem pensar se elas estão de acordo com a sua possibilidade e dentro do seu orçamento mensal.


Não olhe apenas para as parcelas anunciadas, pois elas sempre nos enganam e estão repletas de juros embutidos.


Bem, espero que vocês tenham gostado desse episódio do EmpodCast e se você ficou com alguma dúvida deixe aqui nos comentários que eu respondo. Tá joia ?


E não se esqueça, se inscreva em nosso canal no Youtube e participe da nossa lista de amigos no email, como também ative as notificações lá no Youtube para receber os novos episódios. Ah, e deixe o seu joinha, combinado ? Afinal, esse material é produzido com todo o carinho para vocês.


Super Obrigado,

Um grande abraço !


Marcelo Teófilo


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo